Mapa

02. Borborema

Cariri

Agência Regional de João Pessoa

  • População estimada 315.627 74% é Urbana.
  • Estima-se que a região consome com produtos e Serviços de 16 bilhões por ano..
  • 45% dos negócios estão na prestação de Serviços.
  • Alimentação, Casa , saúde, construção e veículos são as principais categorias de consumo da região.
  • Campina Grande concentra 45% as principais atividades da região.

Potencial dos Grandes Investimentos na região geram oportunidades de bons negócios.

• Reabilitação do Abastecimento com as águas do Rio São Francisco;
• Polos de Educação.
• Polos de Tecnologia.
• Polos de Saúde.
• Polo de Eventos.

Vocação Regional aponta a especialidade da região e sua mão-de-obra naquela atividade.

• Construção;
• Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas;
• Educação;
• Alimentação e hospedagem;
• Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura;
• Saúde humana e Serviços Sociais

Celeiro de muitos empreendedores e na prestação de serviço a região se destaca pelos seus polos de desenvolvimento.

Mapa

Oficina de Bicicletas 6/20

Cariri

Dicas para inovar —

Hoje, é crescente o uso da bicicleta no dia a dia das pessoas, seja para lazer ou trabalho, devido à tendência de se aderir à prática de exercícios físicos. Outra razão é que este meio de transporte não é poluente como os veículos automotivos, o que leva as pessoas a terem mais cuidado com o meio ambiente.

Segundo especialistas, uma loja de conserto e venda de bicicletas apresenta risco que varia entre médio e baixo. Desse modo, o grande desafio desse negócio é conseguir lidar com a sazonalidade dos meses de junho a setembro; momento debaixo movimento por que as vendas caem bastante em função do mau tempo. É fundamental, portanto, ter caixa para sustentar a loja nesse período e se manter competitivo no mercado.  Entretanto, o segmento de bicicletas tende a nunca desacelerar totalmente, pois cada vez as pessoas tem se preocupado com o bem-estar físico e adquirido mais consciência ambiental.

DICAS PARA EMPREENDER

Os clientes de uma loja de bicicletas, normalmente, são pessoas físicas; praticantes do ciclismo como forma de lazer ou esporte, mas também se considera consumidores em potencial, as pessoas que ainda não são adeptas a essa prática e pretendem aprender a andar de bicicleta ou praticar isto com maior frequência.

                  Saiba que analisar o potencial do mercado onde será iniciado o seu negócio é muito importante, levando em consideração aspectos como a renda, a idade, o comportamento e a classe social dos futuros consumidores.  Assim, será possível adequar os equipamentos e acessórios oferecidos às particularidades e ao perfil dos clientes em potencial da loja e da região onde a empresa será instalada.

                  Além da venda de bicicletas em suas diversas variedades (linha infantil, mountain bike, speed, etc.), das peças e dos acessórios (capacetes, luvas, roupas especializadas, faróis, etc.), sua empresa deve oferecer serviços como manutenção de bikes, ajustes segundo a ergonomia (o chamado bikefit), entre outros.

É essencial oferecer qualidade nos produtos e serviços, preços competitivos e alto grau de conhecimento para poder ingressar nesse ramo, pois enfrentará a forte concorrência das grandes redes de varejo, que têm maior poder de compra e conseguem barganhar na hora de negociar com os fornecedores, empurrando o preço de mercado para baixo.

Para a sua empresa de bicicletas, o ponto deve ficar próximo a vias movimentadas e oferecer vagas para estacionamento. Quanto à sua equipe de trabalho, ela deve ser composta pelos cargos de vendedor, mecânico de bicicletas, caixa e gerente.

Conhecer as particularidades de cada bicicleta e informar-se sobre os lançamentos é quase obrigatório neste segmento, pois quem gosta do esporte costuma voltar sempre à loja para saber das novidades.

Para mais informações, acesse:

https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-oficina-de-bicicletas

Receber essa ideia por e-mail