Cariri

01. Sertão

Zona da Mata

Agência Regional de João Pessoa

  • População estimada 905.268 71% é urbana.
  • Estima-se que a região consome com produtos e Serviços mais de 11 bilhões por ano
  • 50% dos negócios estão no Comércio e nos serviços.
  • Alimentação, Casa , saúde, vestuário e veículos são as principais categorias de consumo da região.
  • Patos é 3ª maior cidade com potencial de consumo do Estado.

Potencial dos Grandes Investimentos na região geram oportunidades de bons negócios

• Transposição do Rio São Francisco;
• Exploração de Energia Eólica e Fotovoltaica:
• Polos de Educação;
• Polo de Saúde em Patos;
• Patos Shopping.

Vocação Regional aponta a especialidade da região e sua mão-de-obra naquela atividade.

• Construção;
• Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas;
• Educação;
• Industria de Transformação;
• Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura;
• Alojamento e alimentação;
• Informação e Comunicação ;
• Saúde.

Destacamos a cadeia da Construção que traz uma série de oportunidades para novos negócios e que sofreu nos últimos anos, mas que apresenta uma forte tendência pós-crise. Fonte Observatório Sebrae/PB.

Mapa

Fabricação de tecidos plásticos reciclados de garrafas PET 8/11

Cariri

Dicas para inovar —

No cenário atual, onde o apelo à redução da poluição e a preservação do meio ambiente são constantes, a reciclagem de embalagens PET é uma opção de negócio para investidores criativos e comprometidos com a sustentabilidade do planeta.

Por apresentar fibras resistentes e maleáveis, o PET vem se tornando matéria-prima para fabricação de muitos produtos. Como exemplo, pode ser transformado em fibra de poliéster que será utilizada na indústria têxtil e em confecções.

Investir na produção do tecido PET traz muitas vantagens tais como a redução de até 70% dos gastos com energia elétrica em relação ao volume que é utilizado na produção da fibra virgem; diminui o uso de petróleo e evita o descarte das embalagens PET no meio ambiente.

DICAS PARA EMPREENDER

Para investir nesse setor é fundamental dominar a tecnologia de produção. Para tanto é preciso contratar profissionais adequados e capacitados. Investir em parcerias com instituições de ensino superior pode gerar bons resultados no desenvolvimento de tecnologias específicas, e convém ficar atento para o registro de patentes.

Outro ponto crucial do negócio é ter uma boa rede de catadores, que serão os grandes fornecedores de matéria-prima, e boa parte da mão-de-obra para atuar no processo de transformação. Caso queira investir já na compra de pedaços de PET triturados, conhecidos como Flakes, procure negócios que atuem nessa distribuição.

O escoamento da produção do tecido plástico pode ser feito para a indústria da moda e de calçados. O setor automotivo poderá absorver parte da produção utilizando os fios de poliéster (reciclado do PET) transformados em carpetes para a forragem de carros. O setor de decoração também é um dos que devem ser foco desse tipo de negócio, com a produção de carpetes e tapetes

O tecido plástico de PET, que geralmente é associado ao algodão, confere algumas valiosas propriedades ao tecido, como por exemplo, estabilidade dimensional, que impede que o tecido encolha ou entorte, solidez na cor, resistência e durabilidade.

Para mais informações, acesse:

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-empresa-de-reciclagem

Receber essa ideia por e-mail