Borborema

04. Zona da Mata

Mapa

Agência Regional de João Pessoa

  • População estimada 1.533.702 91% é Urbana.
  • Estima-se que a região consome com produtos e Serviços 25 bilhões por ano.
  • 48% dos negócios estão na prestação de Serviços.
  • Alimentação, manutenção do lar e gsatos com veículos são as principais categorias de consumo da região.
  • João Pessoa concentra 65% as principais atividades da região.

Potencial dos Grandes Investimentos na região geram oportunidades de bons negócios.

• Polos de Educação.
• Polos de Tecnologia.
• Polos de Saúde.
• Polo de Eventos e Turismo.

Vocação Regional aponta a especialidade da região e sua mão-de-obra naquela atividade.

• Construção;
• Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas;
• Educação;
• Alimentação e hospedagem;
• Arte ,cultura, esporte e recreação;
• Informação e Comunicação;
• Saúde humana e Serviços Sociais

Região metropolitana concentra o maior volume do potencial do consumo do Estado e detém muitas das demandas relacionadas a serviços.

Mapa

Home Care 25/51

Cariri

Dicas para inovar —

A população brasileira está envelhecendo cada vez mais. De acordo com dados do IBGE, para quem nasce agora a estimativa é viver acima dos 70 anos. Esse novo perfil da sociedade abre espaço para o mercado de home care ou internação domiciliar.

Para entrar no setor, é fundamental investir na qualidade da equipe e na logística da empresa, já que é preciso administrar pacientes em diferentes locais geográficos.

DICAS PARA EMPREENDER

Forme parcerias com os hospitais. Os pacientes de home care são, em sua maioria, doentes crônicos, que apenas ocupam leitos nos hospitais e não geram rotatividade, logo, não entra em conflito de interesses.

O tratamento domiciliar, além de ser mais humanizado, gera menos custos para o cliente. No hospital, além de pagar pelo tratamento é preciso pagar a diária. Uma solução em conta é trabalhar com funcionários terceirizados ou cooperativas, sem necessidade de manter uma ampla equipe de contratados.

Dois detalhes não podem passar despercebidos: uma boa logística e atenção à concorrência. Não dá para abrir uma empresa onde já tem uma consolidada atendendo a demanda local, é preciso buscar novos mercados. Importa ainda que o público-alvo tenha plano de saúde, caso contrário não haverá clientela apta a pagar pelo serviço.

A equipe precisa ter um profissional técnico ou de nível superior na área da saúde habilitado junto ao respectivo conselho profissional e é necessário seguir as regras da Anvisa. Entre as normas da agência, destaca-se a necessidade de alvará expedido pelo órgão sanitário competente, a elaboração de um manual de funcionamento interno e o envio de relatórios periódicos da situação do paciente ao médico.

Para mais informações, acesse:

https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/exigencias-da-terceira-idade-para-o-mercado-de-saude

Receber essa ideia por e-mail