Borborema

04. Zona da Mata

Mapa

Agência Regional de João Pessoa

  • População estimada 1.533.702 91% é Urbana.
  • Estima-se que a região consome com produtos e Serviços 25 bilhões por ano.
  • 48% dos negócios estão na prestação de Serviços.
  • Alimentação, manutenção do lar e gsatos com veículos são as principais categorias de consumo da região.
  • João Pessoa concentra 65% as principais atividades da região.

Potencial dos Grandes Investimentos na região geram oportunidades de bons negócios.

• Polos de Educação.
• Polos de Tecnologia.
• Polos de Saúde.
• Polo de Eventos e Turismo.

Vocação Regional aponta a especialidade da região e sua mão-de-obra naquela atividade.

• Construção;
• Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas;
• Educação;
• Alimentação e hospedagem;
• Arte ,cultura, esporte e recreação;
• Informação e Comunicação;
• Saúde humana e Serviços Sociais

Região metropolitana concentra o maior volume do potencial do consumo do Estado e detém muitas das demandas relacionadas a serviços.

Mapa

Serviços para idosos 4/51

Cariri

Dicas para inovar —

O Brasil tem envelhecido rapidamente. Segundo dados do IBGE, em 2005, a faixa etária de pessoas com mais de 60 anos - que é conhecida tecnicamente por terceira idade, mas que o mercado está chamando de sênior, representava cerca de 8,8% dos brasileiros, com previsão de que esse número chegue a 17% em 2030, quando passaremos do 16º para o 6º país com maior número de idosos.

A expectativa de vida também subiu de 62 anos, na década de 80, para 71 anos, atualmente. Neste panorama, estão inseridos tanto os senhores que jogam xadrez na praça e as senhoras que fazem trabalhos manuais em casa, até aqueles que viajam regularmente, fazem academia e consomem produtos e serviços altamente especializados.

Nesse contexto, aumenta a popularidade de um conceito que nos velhos tempos soaria estranho que é o da aposentadoria empreendedora, ativa, repleta de vitalidade por estar associada à prática de um esporte. Desse modo, se estabelece o desafio de descobrir o que fazer com a terceira idade no novo século. Isso tem inquietado empresas, que não sabem como explorar o potencial de consumo de um segmento influente e cada vez mais numeroso.

 

 

DICAS PARA EMPREENDER

 

Conheça bem o seu público-alvo sabendo que eles são mais fiéis à tradição, têm pouca tolerância à demora e ao barulho, além de reagir positivamente à oferta de produtos que saciem suas necessidades.

 

Realize uma pesquisa de mercado, avaliando a região em relação à concorrência, poder aquisitivo dos moradores, opções de lazer e pontos de interesse para idosos.

 

Ofereça, inicialmente, serviços como: transporte particular, ginástica, aulas de música, informática e atendimento fisioterápico domiciliar. Se decidir aumentar ou diversificar a prestação de serviços, através da criação de um centro de permanência diurna para cidadãos acima de 60 anos, ofereça cursos de dança, jogos, banda musical, coral, culinária, trabalhos manuais, etc. Nesse caso, o empreendedor irá precisar de um imóvel comercial adequado aos seus planos de funcionamento.

 

Dependendo da quantidade de pessoas atendidas, bem como dos horários e modalidades de maior fluxo, será necessário um número adequado de instrutores e monitores para atender a esta demanda. Contudo, um Centro de Convivência não poderá prescindir de profissionais que exerçam as atividades de administrador; instrutor de atividades; auxiliares de serviços gerais; atendente (recepcionista) e monitores ou auxiliares de atividades.

 

 

 

 

 

 

Para mais informações, acesse:

https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-empresa-de-prestacao-de-servicos-para-idosos

Receber essa ideia por e-mail